Sobre Nós

Há mais de 10 anos, Pinheiro de Morais & Hosken Advocacia convive diariamente com as diversas situações relacionadas à atividade empresarial, com participação ativa nas decisões de seus clientes.

Essa trajetória possibilitou ao escritório PM&H profundo conhecimento e atuação em várias áreas jurídicas, notadamente no Direito da Construção, Trabalhista de Obras e Negócios Imobiliários, tornando-o expert neste setor, contando com um time preparado e envolvido.

Nossa experiência revela que uma atuação próxima, contínua e disponível propicia a ampla compreensão das reais necessidades do cliente, o que assegura a adoção das melhores estratégias e soluções.

Com um modelo de atuação voltado para o apoio consultivo constante, exercemos de forma efetiva o Direito Preventivo, promovendo a redução de riscos, litígios e custos aos clientes, permitindo que estes foquem naquilo que mais entendem: seu próprio negócio.

Empregamos todos os esforços para que sejamos reconhecidos como um investimento que contribui para o crescimento das empresas e novos negócios.

Na área contenciosa, acompanhamos processos judiciais e administrativos, com máxima competência técnica, zelo e eficiência.

Direito da Construção

Como inúmeros negócios são firmados para a viabilidade e consecução das obras, é indispensável a prévia e adequada...

saiba mais

Trabalhista de Obras

A PM&H presta abrangente consultoria para a mensuração e contenção do passivo trabalhista, notadamente na...

saiba mais

Negócios Imobiliários

Com experiência em atividades estruturadas, a PM&H está inserida neste mercado, trazendo segurança jurídica aos...

saiba mais

Últimos destaques

Para STF, cobrança de ITBI só é possível após transferência efetiva do imó...

19 de fevereiro de 2021
O fato gerador do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) somente ocorre com a efetiva transferência da propriedade imobiliária, que se dá mediante o registro. Por unanimidade, esse entendimento foi reafirmado pelo Supremo Tribunal Federal na análise de recurso extraordinário com...

Megavazamento: Dados de ministros do STF estão à venda na internet

4 de fevereiro de 2021
Presidente do STF, Fux pediu providências e considerou o caso “gravíssimo”. Semana passada um megavazamento de dados pessoais veio à tona: 220 milhões de brasileiros tiveram sua privacidade exposta. O conteúdo envolve não apenas o CPF dos cidadãos, mas também dados de...