Como a redução de processos trabalhistas afeta a construtora

18 de dezembro de 2017 Artigos

Muitas construtoras não compreendem a importância de contar com uma consultoria jurídica preventiva para buscar melhoria do negócio e a redução de processos trabalhistas, seja por considerar um investimento desnecessário, seja pelo desconhecimento das leis.

Contudo, o investimento nesse tipo de serviço pode trazer diversas vantagens para a empresa, refletindo nas rotinas internas, na redução de custos e na própria reputação da construtora no mercado de trabalho.

Se você quer saber como uma consultoria preventiva pode ajudar na redução de processos trabalhistas e o impacto dessa mudança na sua construtora, continue a leitura deste artigo!

Organização financeira

Para garantir o cumprimento de todas as obrigações, uma consultoria preventiva é fundamental, pois auxiliará na identificação dos deveres trabalhistas e no correto pagamento de todos os funcionários. Por meio de estudos jurisprudenciais prévios na elaboração de contratos e acordos com os trabalhadores, é possível fazer um bom planejamento de custos com a remuneração dos empregados.

Ainda, na elaboração e assinatura de contratos com empreiteiras ou terceirização de serviços, uma assessoria garantirá a regularidade da parceria e a previsão correta de responsabilidades. Com essas ações, a empresa diminuirá a quantidade de imprevistos por processos judiciais e outros problemas trabalhistas, permitindo que a construtora melhore a sua organização financeira.

Redução de custos

As reclamatórias trabalhistas geram diversos gastos para a empresa: custas e despesas judiciais, honorários periciais, correção monetária e juros, além de, muitas vezes, valores de indenizações e multas. Por isso, ao sonegar direitos dos trabalhadores, os prejuízos para regularização costumam ser bastante elevados.

Com a reforma trabalhista, apesar da flexibilização de algumas normas, permitindo mais negociações entre empregadores e empregados, também ocorreram algumas mudanças no processo judicial, como a possibilidade de condenação em honorários sucumbenciais, ou seja, quem perder a ação deverá pagar honorários para o advogado da outra parte.

Desse modo, com a diminuição das ações, mesmo que os encargos mensais com os empregados sejam maiores ao observar todos os seus direitos, considerando a economia com os processos, a empresa reduzirá os custos finais com funcionários.

Aumento da produtividade

Com a redução de processos trabalhistas e a consequente diminuição de custos com ações judiciais, a empresa poderá realizar investimentos em outras áreas, buscando a melhoria da produtividade: realização de treinamentos e capacitação, atualização de equipamentos e outros fatores que podem impactar positivamente o rendimento dos funcionários, permitindo o aumento dos lucros.

Ainda, o conforto e confiança do empregado impactam diretamente na sua postura no trabalho. Se a construtora oferece boas condições de trabalho, cumpre com todas as suas obrigações e demonstra preocupação com os trabalhadores, eles poderão apresentar uma maior produtividade e compromisso com a empresa.

Melhora na reputação da empresa

Apesar de não ser possível a consulta de processos em nome de empregados, não há restrição na pesquisa de ações trabalhistas da empresa, permitindo que outras pessoas tenham conhecimento das demandas existentes. No mercado de trabalho são comuns os comentários a respeito da postura das empresas com os seus empregados.

Uma empresa com má reputação terá mais dificuldade em encontrar mão de obra qualificada, tendo em vista que os melhores profissionais dificilmente estarão dispostos ou terão interesse em se juntar aos colaboradores da empresa.

Dessa forma, observar corretamente as normas trabalhistas e trabalhar de forma preventiva para buscar a redução de processos traz diversos impactos positivos para a construtora, que conseguirá melhorar a qualidade do serviço prestado e a gestão empresarial.

Então, conseguiu entender como a redução de processos trabalhistas afeta a construtora? Se você está em busca de uma consultoria preventiva, entre em contato conosco e saiba como a Pinheiro de Morais & Hosken Advocacia pode ajudar a sua empresa!

Compartilhe